Conhece a produtora nacional Da Lion Music!

0
38

Image may contain: 1 person, beard and close-upNuno Florêncio mais conhecido como Da Lion, é o nome por detrás da produtora de Reggae Da Lion Music. Foi em 2010 que começou este projecto, mas foi desde sempre que o reggae fez parte da sua vida, com os pais e o irmão mais velho a introduzirem-no aos sons de Bob Marley ou Alpha Blondy. Quanto ao seu trajecto musical, começou em 1991 quando recebeu a sua primeira guitarra. Mas foi em 93, em Londres, que descobriu artistas de quem nunca tinha ouvido falar como Burning Spear, Peter Tosh, Israel Vibration, Lucky Dube, entre outros.

No photo description available.Em 2001 e de volta a Portugal, Nuno Florêncio co-fundou a banda Like The Man Said. Aquando a gravação do primeiro álbum, 1NE, Da Lion interessou-se bastante pelo processo de edição e em 2010 fundou a produtora Da Lion Music. Quando questionado sobre como é ter uma produtora de reggae em Portugal em 2019 diz-nos: “Em Portugal o reggae não tem um grande mercado, ainda é encarado como um estilo de música sazonal, o que faz com que seja difícil ‘meter comida na mesa’ só com Portugal. Grande parte do meu trabalho passa pelo estrangeiro”.

No photo description available.Pela Da Lion Music já passaram inúmeros talentos, “tenho trabalhado com vários artistas nacionais, como Rubera Roots Band, Jimi Jah, Urbanvibsz, Like The Man Said, Ihenry, etc.”. Quanto a projectos mais recentes e internacionais, conta-nos que lançou “um single com Jah Myhrakle numa participação com Akae Beka, intitulado #LEAD THE WAY, que foi uma colaboração entre a Da Lion Music e a produtora de Nova Iorque Golden Ark e teve a mistura e masterização feita por Tippy Igrade e que foi distribuído pela Distrokid”.

Image may contain: 1 person, smiling, beard and indoorO próximo projecto de Da Lion, Who’s King Riddim, “conta com a participação de vários artistas de renome, como Akae Beka, Ancient King, Ras Atitude, entre outros, e é também uma colaboração, mas desta vez com a Rebelion City Production, produtora norte americana, mas que terá a distribuição a cargo da distribuidora portuguesa Alpha & Leonis”, explica-nos.

Quanto à forma como se sente mais realizado, como músico ou produtor, Da Lion responde: “Essa é difícil (risos), sinto-me igualmente realizado, mas confesso que a adrenalina de subir a um palco é algo único”.